Notícias - MedSênior

4 mitos e verdades sobre colesterol


O colesterol é imprescindível ao nosso corpo. Trata-se de um tipo de gordura fundamental que pode ser encontrada na pele, sistema digestivo, cérebro, músculos e coração. É importante destacar aqui que de 70% a 80% do colesterol necessário é produzido de forma natural pelo nosso corpo, no entanto, os 20% a 30%, respectivamente, vêm da alimentação e hábitos que seguimos no dia a dia.

 

Uma dieta repleta de colesterol ruim, também conhecido como LDL, pode gerar uma série de transtornos, entre os quais a obstrução de vasos sanguíneos, que aumentam as chances de doenças do coração, por exemplo. Colesterol alto na terceira idade, atualmente, é considerada uma das principais causas de morte entre homens e mulheres no Brasil.

 

Como sabemos que há muita informação desencontrada na internet, resolvemos criar este conteúdo, para falar sobre alguns mitos e verdades, que envolvem colesterol.

 

1.Ovo aumenta colesterol?

 

Essa é uma das principais dúvidas que cercam o tema. A resposta para essa pergunta é não.

Por décadas o ovo foi considerado um alimento “perigoso” para a saúde do coração, porém estudos já comprovaram que essa relação não procede.

 

Uma das pesquisas mais recentes é da Universidade de Minnesota, em que mais de 9 mil pessoas foram envolvidas, de 25 a 74 anos – exames não mostraram diferenças entre os que comeram um ovo ou mais por dia, em relação aos que não comiam nenhum, por exemplo. Apenas no grupo de diabéticos, a maior ingestão do insumo se mostrou ligada ao aumento de propensão a doenças cardíacas.

 

Na gema é onde está o colesterol. Vale destacar que o ovo é considerado um superalimento, mas deve ser consumido com moderação – como tudo em excesso, pode gerar disfunções alimentares. Nele, você encontrará nutrientes riquíssimos, como cálcio, as vitaminas A, B2, B5 e B12, além de ferro, fósforo, zinco, selênio, entre outros.

 

2.Quem é magro não corre risco de ter colesterol alto

 

Embora quem esteja acima do peso tenha predisposição a ter colesterol alto, os magrinhos não estão isentos de terem o problema, viu?! Quem exagera em alimentos gordurosos possui grandes chances de aumentar os ponteiros do LDL.

 

3.Hipotireoidismo aumenta o colesterol alto?

 

Verdade! O Hipotireoidismo pode elevar a produção de colesterol no organismo, por isso, é necessário o acompanhamento com o médico.

 

4.Colesterol alto não tem solução

 

Mito! Mudando seu estilo de vida, você terá resultados. Exercícios físicos e uma dieta equilibrada e saudável podem ajudar (e muito!) a diminuir o colesterol.

 

Também é importante que seus exames estejam em dia, dessa forma, será possível identificar rapidamente e tratar o problema o quanto antes!

 

Gostou das informações?

 

Achamos que também possa se interessar por outros conteúdos que fizemos em nosso blog sobre:

 

Como os exercícios na terceira idade podem colaborar com a saúde

 

Como funciona o projeto NutriSaber

 

 

Fonte: Dr. Roni Chain Mukamal, geriatra MedSênior, CRM 9745 e RQE 6575.

 
foto
Medsênior - cuidar, faz parte do nosso plano
Central de Atendimento
SAC: 0800 605 5505 4007-2001
Grande Vitória e Belo Horizonte
Av. Vitória, 1342, Ilha de Santa Maria
Vitória - ES - CEP 29051-040
ANS TISS